sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Atualização Patrimônio Financeiro SET/17

Rentabilidade Mensal: 0,17%
Rentabilidade Anual: 2,11%
Aporte: R$ 4.000,00





O mês ia bem na primeira metade, a Bovespa atingiu 76 mil pontos, sua máxima histórica, mês passado fechei com aproximadamente 9,8k, mesmo antes do aporte de Outubro eu passei fácil dos 10k, o que mostra que quanto maior é o patrimônio maiores são os ganhos (e perdas também), porém nos últimos dias houve uma queda da renda variável de mais de 300 reais, mas ainda assim fechei no positivo. Utilizei 4k da rescisão para aportar nesse mês e guardei +- 10k para um possível empréstimo para um parente, isso até que vai ser bom, não vou precisar tirar nada do meu patrimônio e de certa forma irei emprestar com juros e receber lá na frente e aportar boa parte desse valor, porém não considero isso como investimento ainda, até por que talvez eu não aporte tudo, o que considero como aporte e investimento, minha previdência, é apenas o que transferi para a corretora.

Esse mês comprei 1k em um CDB 120% CDI, do banco Máxima, porém acho um risco bem alto devido a desconfiança do mercado em relação a esse banco, mas achei um investimento bom, pequeno e de qualquer forma tem o FGC de até 250k. Comprei ainda 300 ações da MOVI3, empresa entrou a pouco no mercado aberto de ações e acredito que possa crescer muito nos próximos anos, até dobrar o valor. Comprei ainda 7 cotas da MXRF11 apenas completar 100, facilitar nos cálculos e usar um saldo parado na corretora.

Uma coisa que percebi, como fiz muitos aportes pequenos, gastei muito com taxa de corretagem com investimentos pequenos, acredito que a partir de agora, com salário maior, poderei fazer investimentos maiores, gastando menos com taxas e até conseguindo investimentos melhores, pois alguns títulos exigem um investimento mínimo. Sem contar que a diferença na evolução do patrimônio é brutal, fiquei meses estacionado na faixa dos 6k, e agora dei um pulo pros 14k.

Carteira





Aumentei o valor de renda variável em relação a renda fixa como já havia dito em outros posts, mas ainda estou achando muito conservador. Preparei mais uns gráficos que ajudam na análise da composição da carteira.

Novo emprego

Por enquanto, apenas treinamento, porém terei uma experiência que poderá agregar muito para mim e para o blog, do qual comento a seguir.

Experiência em cidade média (rogerdacidadezinha way of life)


Difícil não ter um mínimo de destaque em uma cidade onde 90% dos carros são populares velhos. (Imagem aleatória da internet e não da cidade onde estarei).


O trabalho novo será na capital, porém terei uma experiência na área fim do órgão, e no interior onde demanda mais pessoal, em uma cidade de aproximadamente 125k de habitantes, não pode ser considerado uma cidade pequena, mas ainda assim será uma experiência boa, pois morei toda a vida na capital do estado. Os mais antigos da blogosfera devem se lembrar do blog do Roger da Cidadezinha, pra mim, um dos blogs mais importantes, e um dos que mais me influenciou, e assim como será esse meu período de 2 semanas, também era com o Roger, trabalhava em uma cidade média e morava em uma cidade muito pequena. Poderei ver como será a reação da pessoas ao me ver, jovem, com um bom cargo, de longe, misterioso, enfim.

Por muito tempo, e graças ao blog do roger, pensei seriamente em trabalhar no interior, em cidade média com várias opções de entretenimento, não muito longe da capital onde tenho parentes e morando em cidade muito pequena, no novo trabalho eu tinha opções parecidas, não muito perto da capital, mas acabei optando pela capital por enquanto, pois agora tenho o ap, mas não descarto no futuro, meu único receio seria o tédio e a falta de pessoas próximas para socializar além do trabalho, já tive uma experiência parecida, de morar em cidade média, por uns 40 dias, e foi um fiasco, eu apenas socializei com o pessoal do trabalho, todos velhos casados, aos finais de semana eu saia para caminhar na praça, mas não tenho a cara de pau pra forçar uma interação social com desconhecidos na rua, isso me faz pensar muito bem antes de ir pro interior, não sei se seria melhor para mim.

Mês que vêm faço uma análise sobre esse assunto e como foi a experiência.

Abraço.

quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Atualização Patrimônio Financeiro AGO/17

Rentabilidade Mensal: -0,26%
Rentabilidade Anual: 2,74%
Aporte: R$ 1.900,00





Voltei a aportar com o dinheiro das férias, e a empolgação voltou também com o patrimônio bem próximo dos 10k, essa é a importância de todo mês aportar, nem que seja uns 300 temers, apesar de que sendo pouco, alguns investimentos com taxas e corretagens não valem a pena, mas dai sempre tem poupança, tesouro direto, isso ajuda a manter o ânimo, é mais ou menos como ler um livro, se deixar na estante por uma semana já fica mais difícil de voltar do que lendo umas duas páginas por dia.


Carteira




O aporte desse mês foi em FII SAAG11, que paga bons rendimentos, são agências do Santander pelo Brasil, algo que me parece sólido. Mantive a mesma proporção de renda variável e fixa, mas nos aportes do mês de setembro vou apenas de variável, estou analisando MOVI3 e USIM5, e aumentar a proporção de renda variável, assumir um perfil mas arrojado, com maior risco e oscilação, mas que permite maiores ganhos.


Férias

Tirei férias de um mês, um erro, chega uma hora que já não têm mais muito pra fazer, o ideal é 20 no verão e 10 no inverno ou 15 e 15, uma viagem de 7 dias e mais uns dias pra descansar e não fazer nada e até pra resolver algum problema pendente como ir no banco, tirei um mês pois já tinha 2 pra tirar, sendo uma atrasada. Passei uns 12 dias no nordeste, como comentei no último post, comentaram se valia a pena ir para o nordeste tendo loiras de c* rosa aqui no sul, bom, kkkk, eu não iria pegar ninguém aqui e nem lá, e meu poder de barganha lá é maior que aqui, e pude perceber uns olhares e uma aceitação melhor que aqui no sul que ajudou na minha auto estima e confiança. Mas o fato é que eu queria curtir as praias, o calor, as paisagens, enfim, era pra desopilar da rotina massante diária de trabalho.

Porém um fato importante aconteceu durante as férias o que acabou comprometendo parte das minhas férias, como veremos logo em baixo, fui nomeado em um concurso que estava esperando há 3 anos, e tive que passar boa parte das férias na minha cidade agilizando exames, documentos, entrevistas, burocracias, na empresa atual e pra onde vou trabalhar.

Novo Emprego




Sou servidor público, trabalhei uns 2 anos na iniciativa privada, na época conheci o movimento da Real, que me abriu os olhos para a realidade profissional no Bostil, vi que iria passar anos ganhando pouco mais de 1 salário mínimo, lembro que uma vez tentei comprar um ap na planta, o corretor, pasmem, era amigo da família há anos, muito próximo, queria me empurra um ap mesmo vendo que eu não poderia pagar, ele não fez questão nenhuma de me dizer as inúmeras parcelas com nomes diferentes que eu teria que pagar até a entrega das chaves e nem que eu não tinha salário suficiente para o financiamento, por sorte minha mãe me alertou. Um belo dia endoidei e pedi demissão do emprego pra estudar pra concurso, a única coisa que meu chefe falou foi que se eu ficasse, em uns 10 anos eu poderia ser efetivado, acho que ele tava debochando.

Comecei a estudar pra concurso, meu curso têm muitas vagas e pouca concorrência, o que facilitou, porém eu coloquei na cabeça que iria estudar o dia inteiro, desliguei celular, desativei redes sociais, cortei filmes, séries, jogos, saídas, amigos, ou seja, eu tava focado demais, inclusive contando as horas estudadas e pausando até pra olhar para a parede, acho que esse tem que ser o espírito, pois eu queria me livrar daquela desgraça o mais rápido possível, isso não é vida. 

Ao todo, cheguei a estudar uns 8 meses, ao longo de junho de 2013 até mais ou menos o meio do ano de 2014 quando fiz minha última prova de concurso na vida (espero), esse do qual fui chamado agora. Desde 2014 fui nomeado em dois concursos, um fiquei pouco mais de 1 mês e meio e já fui chamado pra outro onde estive até agora, era um lugar bom de trabalhar, salário bom, eu já estava aceitando que ficaria nessa empresa pro resto da vida, e eu até teria uma vida boa como vinha levando, com ap e carro próprio, viajando, tendo meus lazeres e agrados, desde que não casasse, tivesse filhos ou qualquer coisa mais radical como uma doença. Demorou 3 anos para me chamarem nessa última nomeação, e com essa crise eu já estava aceitando a derrota, mas eis que então veio a surpresa.

O salário vai praticamento dobrar, já quitei todas as minhas dívidas, só restou o financiamento imobiliário que pretendo aumentar o valor da parcela e quitar em uns 3 anos, e os cartões com móveis do ap que vou quitar em uns 7 meses, ou seja, em breve terei esse salário de mais de 10k quase todo para curtir a vida e ainda aportar uns 2k por mês no mínimo, pois o objetivo de se aposentar +- aos 40 continua forte, nunca que vou trabalhar até os 70, mesmo que seja funça.

A sensação de uma parte tão importante da minha vida estar resolvida antes dos 30 é indescritível, é tirar um peso das costas, ganhar um salário justo, um trabalho onde não exista pressão por metas e horários de escravo, muito bom, devo começar no novo trabalho ainda no mês de setembro, então trarei mais novidades sobre o novo trabalho, pois posso ir para vários setores e fazer n atividades, só sei que continuarei na minha cidade.

Aos que são contra funças, sinceramente eu to cagando, eu já estudei muito de economia, sei do problema de um estado inchado, sei que funças querem cada vez mais, mais benefícios, mais nomeações, mais órgãos, mais secretarias, mais dinheiro, isso é uma bola de neve. Mas e daí, provavelmente nem essa nem a próxima geração vai ver alguma mudança significativa nisso, chega um político e aumenta o estado, vem outro e diminui, a própria mão invisível trata de ajeitar as coisas, mostrar quando o estado está muito grande e políticos mais liberais são eleitos, depois inverte, porém os funças estão sempre lá, atualmente estamos vendo que algumas coisas são insustentáveis e estão caindo, como a previdência, triênios, prêmios por tempo de serviço, porém o mais importante, o salário continua muito superior ao da iniciativa privada, e a estabilidade ajuda contra a pressão e a carga horária é respeitada. Enfim, funças vão existir sempre, os concursos estão lá e se não for eu será outro, vou assumir, trabalhar, montar um belo patrimônio para me aposentar e não gastar tudo feito o brasileiro médio, mas acho muito difícil algum dia eu perder meu emprego ou ser parcelado, já que não é executivo.

Esse foi o melhor mês da minha vida, de férias, nomeado pro concurso.

Então é isso, até mais.

segunda-feira, 31 de julho de 2017

Atualização Patrimônio Financeiro JUL/17


Rentabilidade Mensal: 2,11%
Rentabilidade Anual: 3,76%
Aporte: R$ 1.300,00




Voltando a valores de antes das divulgação das maracutaias do Temer e da JBS, não fosse isso, eu deveria ter um patrimônio maior.

Voltei a aportar, usando o dinheiro que recebi das férias que já havia comentado aqui que receberia em dobro por atraso no gozo de férias. Quero aportar mais uns 2k em agosto e chegar ao patamar dos 10k investidos. 


Carteira





Vou passar a divulgar a composição da minha carteira, isso vai me ajudar a refletir se ela está muito conservadora, moderada ou arrojada. Acredito que posso adotar um perfil mais arrojado, investindo mais ou menos 80% em renda variável, ou seja, ainda posso investir mais em renda variável.


Férias




Finalmente, depois de mais de um ano de férias, tendo já vencido o prazo para gozo de férias, irei tirar férias de um mês. Como eu tenho direito a duas ferias, optei por tirar logo um mês inteiro no inverno e tentarei um mês inteiro no verão.

Vou passar uns dias no nordeste, curto praia, ceva, camarão, mulherada de biquíni, até pra fugir do frio do sul do país, isso sim é vida. Trabalhar é o pior castigo, a pessoa passa o dia inteiro trabalhando, de segunda a sexta, você vê a sua vida passando pela janela e não faz nada, passam os anos, você tenta se lembrar o que fez nos últimos anos, meses, dias, mas não consegue, são apenas dias repetitivos que se apagam da memória em questão de dias. Você quer fazer mil coisas, tem vários projetos, mas na hora de por em prática você se da conta de que não tem tempo, durante a semana, mal sobra tempo, depois do trabalho, pra descansar e assistir uma série.

Então é isso, mês que vem quero dar um feedback sobre as férias.

Abraço.

sexta-feira, 30 de junho de 2017

Atualização Patrimônio Financeiro JUN/17

Rentabilidade Mensal: 1,44%
Rentabilidade Anual: 1,95%
Aporte: 0,00






Mais um mês sem aporte, pois me mudei e usei todo dinheiro para comprar alguns itens pro ap, vou explicar melhor isso em seguida. 

Morar Sozinho

Já tenho um ap há 3 anos, financiado a perder de vista, nesses 3 anos eu coloquei piso, box do banheiro, pia na cozinha, roda-pé, pintei, comprei móveis sob medida, enfim, deixei ele do jeito que eu queria, sem pressa, conforme ia sobrando dinheiro, por último eu comprei máquina de lavar roupa, TV, sofá e forno elétrico que faltavam pra morar, já havia ganho geladeira e microondas, ou seja, já tem tudo necessário para mudar. Comprei o ap há 3 anos pois na época na aguentava morar com meu padrasto e dividir quarto com meu irmão num ap de 60 metros quadrados, queria meu espaço, mas minha mãe mandou meu ex padrasto embora e as coisas melhoraram, ai fui deixando, fazendo uma ou outra coisa de vez em quando, deu vazamento no banheiro e caiu o forro o que me deixou pra baixo, chegando a cogitar alugar o ap e ir morar em outro. Nesse mês de junho me deu uma loucura e resolvi comprar uns últimos itens e me mudar de vez, fazer o que eu quiser, a hora que bem entender, ter um quarto só pra mim, ter uma TV foda, uma internet 60 mega, net com brasileirão, enfim, curtir um pouco esses pequenos prazeres em meio a essa vida de trabalho, talvez mais pra frente eu veja que está muito caro e tire alguns itens, mas a vida é assim, errar-aprender-corrigir.

Isso com certeza vai atrasar meus investimentos, porém melhorar muito minha auto estima e minha qualidade de vida. Na verdade o que me fez me mudar agora foi um sentimento de vazio existencial, de ver que nos últimos 3 anos eu não fiz absolutamente nada além de trabalhar, uma mudança dessas faz muito bem pra cabeça.

Esse mês devo receber a restituição do IR, pretendo botar na poupança e considerar a poupança como investimento, coisa que não vinha fazendo, pois quando coloco dinheiro na corretora, eu não tiro mais, exceto o dinheiro parado, que não passa de 50 reais de recebimento de aluguel de FII, pois não seu se vai sobrar no fim do mês.

Mito do homem dos 30 anos pegador

Quero só ver essa matrix do homem próximo dos 30, com ap próprio, carro próprio, independente, com boa situação financeira. No começo eu até caí nesse papo dos realistas, hoje sei que é papo furado, já que poucos vão saber dessa situação, pois o beta tem um círculo social muito pequeno e ainda é introvertido pra fazer com que isso chegue nas pessoas certas, além do mais, vai atrair mesmo é mulheres rodadas e mães solteiras a fim de encontrar um provedor. Todos os dias encontro uma moreninha com corpo mignon, de óculos, bem bonitinha e que de vez em quando da umas olhadas e retribui o bom dia, to pensando em trocar uma ideia pra ver como vai ser o feedback dela, pois é do mesmo condomínio e seria perfeito eu ter uma marmitinha morando perto pra comer dia sim dia não, porém sei que isso é apenas devaneio meu, pois pra começo de conversa ela é uma 7 sólida, pode conseguir coisa bem melhor que um 6 como eu, e além do mais, não sou muito a favor de se relacionar com mulher próxima, seja do trabalho, vizinha, colega de faculdade, pois caso dê merda, você tem que conviver com ela, tendo que lembrar da humilhação todos os dia, e tem o risco de se apaixonar e sofrer diariamente.

Abraço.

terça-feira, 30 de maio de 2017

Atualização Patrimônio Financeiro MAI/17

Rentabilidade Mensal: -3,22%
Rentabilidade Anual: 0,50%
Aporte: 0,00





Mês péssimo para os aportadores, graças às incompetências dos nossos desgovernos corruptos, Brasil é o país onde quem rouba pouco é ladrão e quem rouba muito é barão, nem vou perder meu tempo aqui falando sobre o que a gente já sabe, governos esquerdista (PSDB, PMDB, ...) e de extrema esquerda (PT, PSTU, PSOL) fudendo com o brasileiro de classe média e pobre.

Vou comentar alguns assuntos que me chamaram a atenção ao longo do mês:

Bitcoins

Não, eu não tinha nem comprei bitcoins, como bom beta medroso e burro, não aproveitei a oportunidade lá atrás onde um bitcoin valia uns 15 reais, lá por 2009-2010, nem no começo do mês onde valia uns 5500 reais, mesmo a oportunidade sendo esfregada na minha cara eu pensei, não, se eu comprar essa merda vai cair, foi apenas uma alta, ledo engano, chegou a mais de 9k, podia ter escapado dessa crise de JBS e ainda aumentado muito meu patrimônio, e claro, se por algum milagre da natureza eu tivesse comprado uns poucos bitcoins la atrás, por uns trocos, hoje eu poderia estar milionários. Nem gosto muito de ficar pensando nisso, é mais ou menos como ver a namorada do nenê do Vasco, que nesse último final de semana, fez gol contra o fluminense e garantiu a vitória do time, deve ter comido essa loirinha de tudo quanto é jeito


Jogador meia boca, semianalfabeto, que por que chuta uma bola na rede, ganha milhões por ano e pode comer essa loira todo dia, o mundo é justo sim, abiguinhos.

Ficar nesses devaneios do tipo "se eu fosse rico, poderia viajar, comprar tudo que quisesse, não trabalhar mais" ou então "se eu pudesse comer uma loirinha dessas toda noite, tudo ficaria mais fácil" só fodem o nosso psicológico, são coisas muito distantes da minha realidade medíocre, o máximo que posso alcançar pequenos momentos de algo próximo ao que esses caras vivem, como por exemplo 1 hora com uma GP, ou uma viajem pra torrar uma grana. Qualquer tipo de comparação faz mal, eu me comparar com mendigo que não tem o que comer também não me ajuda a querer melhorar, buscar evoluir.

Zero de aporte e empréstimo para parente

Esse mês de maio não aportei, por alguns motivos. Primeiro pra não ficar sem dinheiro no resto do mês, estava aportando mesmo quando eu não poderia aportar, eu mandava o dinheiro pra corretora e ao longo do mês eu ficava todo cagado pra gastar com uma cervejinha e outras bobagens e acabava metendo tudo no cartão de crédito, comprometendo o mês seguinte, resultado, chegava final do mês com a conta negativa e aquele sentimento ruim de ter que ficar se controlando, esse mês vou dar uma segurada, zerar o cartão de crédito, pagar as contas a vista, voltar a adiantar pagamentos do mês posterior e fechar o mês no positivo. Segundo motivo, terei que tirar todo dinheiro pra emprestar para um parente, como eu já devo pra esse parente, será como quitar a dívida, ou seja, não terá retorno, começarei do zero, porém ficarei com o salário quase todo livre, pois antes pagava 2k desse empréstimo, para aportar mais de 2k por mês, logo meu patrimônio voltará ao que é hoje e nem valeria pagar taxas para investir agora se eu teria que tirar logo em seguida.

Insegurança de beta e círculo vicioso

Vou contar o que me aconteceu agora de manhã para ilustrar algo que vêm ocupando minha cabeça. Hoje de manhã eu tinha um treinamento em outra parte da cidade, umas burocracia do estado, liguei para um funcionário de outro órgão para saber onde era essa treinamento, ele me informou que seria do outro lado da cidade e me ofereceu carona do motorista da secretaria do estado, disse que ele não iria mas iria uma mulher, nem dei bola, imaginei que fosse alguma velha qualquer dessas típicas de repartições públicas. Qual não foi minha surpresa quando cheguei lá e vi uma moça de uns 20 anos, +- 1,70 de altura, muito gostosa, morena gata demais. Era para ir só nós dois dali, ou seja, eu teria que passar um tempo sozinho com ela. Depois de anos de humilhação de beta, eu hoje perdi total minha auto estima e confiança, não chego mais em mulher, não do nenhum sinal de interesse, fico sempre na minha, nunca acho possível uma mulher de 6,5/10 pra cima se interessar em mim, só com muita dificuldade consigo catar umas 5/10 MSOL, velhas, gordas, feias pelos tinders da vida. Então nessas situações onde preciso socializar com uma 7/10 pra cima eu fico na minha, não sou anti social complexado nem nada, consigo conversar normal, puxo assuntos banais e tal, mas sempre de forma muito neutra, por exemplo hoje, a garota já foi logo sentando no banco da frente, minha mente de beta de cara já entendeu que ela não queria ficar do meu lado pra dar espaço pra uma possível trova da minha parte, nem considero a possibilidade de ela apenas gostar de sentar na frente por ter mais espaço ou pra não ficar chato pro motorista. Só pra completar a história, não aconteceu nada de mais, ela foi simpática, de vez em quando falava umas bobagens do tipo "esfriou", nada que demonstrasse interesse ou qualquer abertura para uma conversa e eu fiquei na minha, nem sentei do lado dela no curso, o que também é estranho já que fomo juntos e não conhecíamos ninguém lá e só mostra minha insegurança e não esse papo de gayrreros da real de que tem que ficar calado e distante tipo Clint Eastwood e Vegeta.

Posto isso, chego ao meu questionamento, algo que vem me incomodando, o beta por causa dessa insegurança, acaba se fechando, não sai de casa, não aceita convites de amigos, ou seja, fica naquela zona de conforto da sua casa-netflix-games, porém eu não gosto disso, quero conhecer novas pessoas, sair, socializar, beber, viver, e para isso a pessoa é obrigada a sair de casa, aceitar convites toscos, tomar tocos de mulheres, cair em ciladas, isso te permite entrosar com grupos e sair desse círculo vicioso de só ficar em casa e se afastar de todos. Chega sexta feira já começo a sentir aquela vontade de sair, beber, jogar uma sinuca, olhar umas vagabundas na rua, porém esse sentimento entra em colisão com aquela insegurança de não ser bem aceito, de saber que é beta que não tem chance de pegar uma 7/10, de saber que vai gastar dinheiro a toa. Como vocês lidam com isso, são do tipo que mete a cara e vão ou preferem ficar em casa e evitar humilhações (mesmo sabendo que se tentando já é difícil pegar mulher e socializar quanto mais em casa)?

Só lembrando aqui, eu não sou escravoceta, odeio essa raça que só piora as coisas pros beta, mas acho que socializar e pegar mulher é importante pra auto estima de nós betas, se a vida de trabalho já é difícil, ao menos temos que tentar melhorar com estímulos mentais pra não entrar em depressão.

Abraço e até a próxima.

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Por que "aportador beta"?

Vou explicar o motivo de eu ter escolhido esse nome para o blog. Pode parece óbvio demais, lógico que sou beta e acredito que uma forma de escapar do stress do trabalho e ao menos ascender bem de leve na vida conquistando alguns prazeres seria guardando hoje para poder aproveitar mais no futuro não muito distante, graças aos juros compostos. O próprio título já separa em dois assuntos que iremos destrinchar agora.

BETA



Imagino que todo beta se identifique com essa foto, a cara de repulsa quando você chega em algum lugar, pra mim ela representa perfeitamente o beta. Porém não vim aqui pra ficar chorando, na verdade eu nem me considero um merda derrotado fracassado, não sou feio, não sou pobre, não sou antissocial introvertido, não sou gordo nem magro, não sou baixo nem alto demais, não tenho nenhum problema físico, nada que me faça ser excluído automaticamente, eu por exemplo nunca fui recebido que nem o beta da foto. Mas então BA, você é um cara normal, deveria sair do seu quarto escuro e fedido e ir pra balaids, micareta, chupar pau por tabela em boca de diabolheres por ai, viver a vida louca. Não, simplesmente não. Vejam que o meu problema esta na palavra "NORMAL". Eu sou um cara completamente normal, não me destaco em absolutamente nada, não sou rico, não sou bonito, não tenho shape foda, não sou popular, ou seja, o cara que passa despercebido.

Alguns me colocariam em alguma classificação tipo beta A, não sei, fato é que como sou um cara na média, já tive ao longo de meus 20 e poucos anos, algumas alegrias e sucessos com mulheres. Acredito que de todas as mulheres que peguei sem pagar, umas 90% eu não pegaria se tivesse outra opção, ou seja, eu não queria realmente pegar ela, mas como sei meu lugar de beta no mundo acho que tenho que pegar pra ir melhorando minha autoestima e minha carência. As 10% eu poderia dizer que na média elas eram 8/10, foram as que eu realmente queria pegar. Olhando esses casos dessas 10% eu vejo que eram situações onde eu fui apresentado por alguém, por milagre eu consegui me destacar no grupo até em alguns momentos sendo confundido com Alfa, por exemplo em um carnaval onde fiquei com um grupo de betas e umas 3 mulheres e era uma praia afastada onde não tinha como ir muito longe, vejam que dificuldade pro beta conseguir umas migalhas de uma 8/10, obviamente o tempo tratou de me colocar no lugar de beta equilibrando o universo e elas se ligando e me mandando um pé na bunda. Eu sou um bom exemplo de como o social é importante pra fazer sucesso com mulheres.

Vou contar um caso que aconteceu comigo ontem pra ilustrar algumas coisas e principalmente como funciona a cabeça do beta: Fui no banco resolver um problema da empresa onde trabalho, chegando lá fui atendido por uma moça muito simpática e bonita, corpo bacana, uma 7/10, parecia ser a mulher excessão dos gayrreros da real, ou a de fé como tenho visto ai na internet. É normal barrar com mulheres desse tipo no dia-a-dia, porém como tinha que ficar ali junto com ela por alguns minutos, meu cérebro  de beta começou a criar expectativas, devido a anos de lavagem cerebral de pessoas, filmes, e todo esse aparato que mantém o beta nas engrenagens. Pois bem, percebi que ela não usava aliança, e certa hora tivemos que ficar esperando pelo OK de outro colega dela, então, por incrível que pareça, puxei conversa, coisas banais de trabalho, e ela como era de se esperar por uma funcionária de atendimento de clientes, foi muito simpática e dava corda na conversa. Não preciso nem dizer que passei o dia inteiro pensando nela, de  um lado tentado dizer pra mim mesmo que sou beta e nao teria chance e de outro pensando nessas bobagens do tipo "o não você já tem" e me iludindo. Como não tinha pego telefone dela, só sabia o nome e não encontrei facebook, acabei encontrando o instagram e não aguentei, de noite pedi pra seguir ela e mandei uma mensagem perguntando se era ela que tinha me atendido de manhã. Obviamente ela negou a a solicitação e ignorou a mensagem, tudo normal, universo alinhado, cada um no seu lugar. O que mais me irrita nisso tudo é o meu cérebro me pregando uma peça dessas, até foi bom eu ter tentado, por que dai paro de pensar nisso, mas pqp, como beta se apaixona fácil apenas com simpatias e sorrisos, isso devido a anos de carência emocional.

Eu nem fico mal por isso, já tenho mais de 5 anos de fóruns, blogs, já aceitei que sou beta e meu lugar nesse mundo, a maioria das minhas características betísticas eu não posso mudar, posso talvez melhorar bem de leve sem comprometer outras, como por exemplo fazer academia mudaria muito pouco, e se tomar bomba fode a saúde e sou contrário a fazer qualquer coisa apenas pra pegar mulher, não vale a pena, e com isso chegamos ao segundo assunto do post.


APORTADOR


Eu odeio o pensamento de manada conhecido como Carpe Diem quando usado por pobres. Simples assim, o cara não tem nem o que comer, não tem uma casa boa pra morar, não tem um carro confortável pra usufruir de sua liberdade, mas basta achar uma nota de 10 reais na rua e já vai logo pro mercado comprar um pacote de bolacha e uma coca, ou três latão de ceva de milho transgênico. Eu canso de ver jovens com situação de vida pior que a minha e ainda assim curtem mais a vida que eu, o problema é que as pessoas não conseguem ver o futuro, a visão macro da sua vida, eu hoje sou um fudido que trabalho de mais e pouco usufruo, porém estou batalhando para ao menos aproveitar um pouco a vida aos 40. O meu principal objetivo é não ter obrigação de trabalhar, que é a pior merda da vida, e poder curtir alguns prazeres da vida, como viajar (sei que alguns acham coisa de chimpa, mas eu gosto de sair da rotina, prazer em viajar é algo difícil de explicar), comer umas gps gostosas que não irão resolver meu problema emocional, mas o físico sim, ter alguns eletrônicos pra curtir em casa, como TV, note, enfim, ter uma vida confortável. Não tenho a ilusão de alcançar a vida Dan Bilzerian, esse sim pode viver o verdadeiro Carpe Diem, mas ao menos melhorar a minha vida, até por que a fase de jovem que curte a vida passa, e esses carpe diem zé droguinha vão tudo ter que trabalhar depois de velhos pra poder sobreviver e manter os vícios e doenças de suas loucuras juvenis. 

O motivo de eu aportar é óbvio demais e já foi destrinchado diversas vezes na blogosfera, nem preciso falar mais nada.

sexta-feira, 28 de abril de 2017

Atualização Patrimônio Financeiro ABR/17

Rentabilidade Mensal: 2,35%
Rentabilidade Anual: 3,84%
Aporte: R$ 859,73



Mês passado havia comentado que não poderia aportar em abril, porém consegui fazer um aporte bom, visto que mês que vêm receberei FG de gerente, pois o chefe vai tirar férias. Resolvi comprar um lote de ações da CMIG4, pois o valor da ação está em baixa e paga bons dividendos. Esse mês tivemos alta nos FII's, o que elevou bastante a rentabilidade do patrimônio. Uma coisa que anda me desagradando é o título do TD atrelado ao IPCA que só cai, por enquanto vou segurar, por recomendação de investidores que dizem que vai melhorar, vamos ver.

Esse mês me aventurei em DayTrade. Fui imprudente demais e acabei perdendo dinheiro com as quedas da PETR4, ainda estou na dúvida se mês que vêm tento de novo, pois tenho um financiamento que vence no fim do mês e esse dinheiro acaba ficando uns 25 dias parado, quando eu poderia estar lucrando nem que fosse uns 20 por dia, o problema é a ganância, acho que devo seguir uma estratégia de pequenos ganhos fáceis do que almejar grandes ganhos e acabar perdendo. Por exemplo, eu poderia usar um Stop quando subisse ou caísse 5 centavos o valor, repetir, até atingir uma meta diária, invés de ficar esperando ela subir mais.

Uma coisa que já foi discutida por muitos blogs de finanças, inclusive o Pobretão, provavelmente acontecerá comigo em breve, um parente precisando de dinheiro. Na verdade eu confio nesse parente e sei que ele devolverá logo o dinheiro e até com juros, o problema é que quando eu invisto o dinheiro eu invisto não pensando em retiradas de curto prazo, invisto pra ter um futuro melhor daqui uns 20 anos, logo tirar o dinheiro agora me faria perder boa oportunidade tirando o dinheiro em baixa, pagando muito imposto, tendo mais gastos com o reinvestimento, como valor de ordens para recomprar os investimento, perder esse tempo do valor investido, enfim, todas as minhas táticas visam o longo prazo e isso me atrapalharia. Enfim, paciência.

Mês passado o blog entrou no ranking do Mestre dos Centavos. Uma grata surpresa, já que apenas comentei um mês antes pedindo que ele me colocasse no ranking e achei que dificilmente eu entraria ou entraria depois de meses, mas parece que outros blogs vacilaram e eu entrei, acredito que uma vez dentro basta continuar publicando a atualização mensal para se garantir no ranking, correto? Esse me incentivou a continuar publicando no blog e principalmente aportando cada vez mais, inclusive, como já havia dito antes, devo receber um bom dinheiro nos próximos meses, com o FG, restituição do IR, férias atrasadas, fim de um empréstimos, ou seja, já coloco aqui como meta após esses eventos, APORTAR R$ 2.000,00/MÊS E 20K APORTADOS AO FINAL DO ANO. Outra meta do blog, publicar mais, visto que atualmente ando publicando apenas a atualização mensal, mas como agora espero ter mais leitores, gostaria de compartilhar um pouco mais da minha visão de mundo, da minha realidade, dos meus pensamentos, como vocês podem ver no nome do blog, os assuntos principais são dinheiro e a vida de um beta, que como tantos, temos dificuldades com mulheres, com amigos, com socialização, com o corpo, com o trabalho, com esquerdistas, com SJW, com a sociedade, enfim, muitos assuntos.